Quatro Estações

E a menina nisso tudo?

Posted on: Setembro 5, 2008

A sabedoria popular já diz, e especialistas confirmam: a menina amadurece antes do menino. Como sofre destas mesmas cobranças – ainda que indiretas – será para ela o problema mais sério?
Talvez não. Entretanto, o fator vaidade é um agravante muito em voga.


Além das exigências comuns a ambos os sexos, que começam na infância, mas se estendem por toda a vida, as mulheres convivem desde crianças com o fantasma da vaidade.
Para Juliana, a vaidade não precisaria ser vista assim: não é algo negativo, mas que deve ser trabalhado com cautela junto às crianças, para que estas entendam quais os limites existentes.
“Hoje há uma grande quantidade de meninas muito pequenas com transtornos alimentares, como bulimia e anorexia. Isto preocupa muito, pois quanto menor a idade com que estes problemas surgem, mais graves são”, explica.

As pequenas se espelham em modelos, atrizes, mulheres famosas.
Muitas não percebem o distanciamento físico e psíquico que as distanciam destes ídolos.
Meninas de quatro, oito, dez anos, se olham no espelho procurando por aquela imagem tão apreciada.
A própria barriguinha saliente, comum em determinada idade da infância, é encarada como excesso de peso.
Ocorre uma distorção da imagem corporal.

Este compromisso com a perfeição estética surge de diversas formas.
Além das pessoas públicas, também pode ocorrer por influência de familiares.
Mesmo que uma mãe ou irmã não obrigue a menina a se produzir como tal, apenas o fato de manifestar frequentemente preocupação com o visual pode incutir este mesmo sentimento também na criança.
Este fenômeno é chamado de falso self, o ato de agir de determinada maneira para agradar ou corresponder às expectativas de alguém com quem se convive.
Para Juliana, as precauções com peso e estética não precisam ser evitadas em sua totalidade.
O que não se deve permitir é que este tipo de cuidado se torne uma obsessão por parte da criança. “Tudo isto gera muita ansiedade”, afirma a psicóloga.

No caso do sexo masculino, esta mesma ansiedade é provocada quando se gera no menino a expectativa de que haja de uma maneira esperada pelos pais ou pessoas próximas.
Um exemplo disso são os jovens garotos colocados em escolas de futebol muito cedo, gerando nos pais uma idéia de que se tornarão grandes atletas.
Se a criança não gosta disso ou não alcança os objetivos esperados, sente-se frustrada.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

As quatro estações

Arquivos

Anúncios
%d bloggers like this: